Modelo de Advertência por Falta

modelo de advertência por falta

Existe uma lei que protege as empresas de funcionários que agem de má fé e se atrasam sempre ou faltam sem justificativa.

Para esses casos, o empregador precisa estar preparado para se proteger contra esse tipo de atitude e punir através de uma advertência por falta o empregado.

Em primeiro lugar, é preciso consultar um advogado especialista, ou o sindicato, para saber qual a melhor forma de agir, e quais medidas tomar, buscando o que for melhor dentro da lei, para articular o seu regime interno.

Existem alguns elementos para o horário de trabalho, os atrasos, as folgas, explicações de advertências que podem ter as devidas consequência em caso de reincidência, mas tudo isso deve estar bem claro para toda a equipe de funcionários que normalmente assina um contrato, onde tudo isso é especificado.

Tudo Sobre Advertência por Falta

Quando dar uma advertência por falta?

De acordo as circunstâncias previstas no artigo 131 e 473 da CLT, é considerado falta ao trabalho, a ausência do empregado em determinadas situações que estão descritas no código.

Em casos como:

  • Falecimento de parentes próximos;
  • Nascimento de filho;
  • Casamento;
  • Alistamento eleitoral;
  • Doação de sangue;
  • Serviço militar;
  • Comparecimento em juízo;
  • Consultas médicas;
  • Entre outras..

Nestes casos a falta pode ser justificada através de documentos que comprovem todas essas ações.

Nada impede o empregador de reconhecer tais justificativas, que são previstas em lei, desde que o motivo seja apresentado e o documento que comprove a falta, como um atestado médico, ou uma certidão seja mostrada ao RH da empresa.

Leia Mais  Modelo de Convite de Confraternização

No Caso da Não Justificativa

Quando a falta não é justificada, o empregador pode enquadrar a atitude do funcionário como desídia do seu desempenho de funções, de acordo com o que está previsto na alínia “e” do artigo 483 da CLT, punindo o funcionário com uma advertência ou até uma pena mais rígida.

Veja abaixo um modelo de advertência por falta injustiçada que o funcionário pode assinar em caso de não justificativa.

ADVERTÊNCIA DISCIPLINAR AO EMPREGADO

Sr(a). (nome)

CTPS nº ___________ Série ___________

Constatamos que Vossa Senhoria deixou de comparecer ao trabalho no dia ______, sem apresentar qualquer justificativa válida para esta falta.

Dessa forma, tomamos a decisão de lhe aplicar esta pena de ADVERTÊNCIA fundamentada na alínea “e” do artigo 482 da CLT (desídia no desempenho das respectivas funções), esperando que atitudes desta natureza não se repitam.

(município) – (UF), (dia) de (mês) de (ano).

(assinatura)
(nome do(a) empregado(a))

E então, já ficou a saber como fazer uma advertência por falta de forma fácil, bastando copiar e imprimir?

Deixe nos comentários qualquer dúvida ou sugestão com que tenha ficado após a leitura do artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *